Make your own free website on Tripod.com
   Descubra os locais inolvidáveis que Timor tem para sí

Com cerca de 2960 metros de altitude, Tata Mai-Lau é o pico mais elevado de toda a ilha de Timor e faz parte do monte Ramelau, integrado na espinha dorsal do sistema montanhoso central da ilha.

Passando por Aileu e Maubisse, os cerca de 90Km que separam DÍLI de Hato Builico (a mais elevada vila de acesso motorizado) são percorridos por entre plantações de café ou de palavão branco, em estradas e picadas serpenteando pelas verdes montanhas. A subida ao Tata Mai-Lau é uma aventura que só os mais audazes enfrentam, bem de noite, para melhor desfrutarem do mais esplendoroso “loron sa'e” (nascer do sol).

Respirar o ar puro nas vastas plantações de café em toda a zona de Ermera, refrescar-se nos regatos e cascatas de Letefoho, bronzear-se nas praias de Liquiçá até à ribeira de Loes, ou apreciar o mercado da cestaria em Maubara, tudo contribui para abrir o apetite para um saboroso “túkir” (cabrito cozinhado em bambú) ou “ican saboco”(peixe)...

Sempre ao longo da costa norte, a mais movimentada rodovia leva-nos de Díli a Baucau, a cidade da água e das acácias rubras, do maior aeroporto e do monte Matebian, o monte dos antepassados. Seguindo mais para leste, Lospalos é zona de típicas casas palafitas (emblemático símbolo timorense), de grutas de arte rupestre e da grande lagoa de Ira Lalaro (Moupitin).
Águas cristalinas convidam a banhos sem fim na linda praia de Tutuala, de recordações inolvidáveis... Ali mesmo ao lado, mil e um peixes vão espreitando por entre lindíssimos corais que rodeiam o ilhéu de Jaco, uma reserva natural de incólume fauna e flora.

Timor é terra onde o verde de montes se projecta no azul forte de águas profundas de um mar rico em peixe e marisco; e é terra onde a tradição se completa na religião de um povo que crê em princípios e ideais.

Passeios de jipe ou de “microlet (pequeno autocarro), a pé ou a cavalo, de “beiro (canoa típica) ou de iate à ilha de Ataúro, de barcaça ao enclave do Oe-Cusse, tudo isso espera por si na madrugada do mais jovem País do século XXI:


SEJA BENVINDO A TIMOR-LESTE!